Blog do Rodrigo Sacramento na Grécia

junho 27, 2009

O q Paulo queria em Éfeso?

Filed under: Viagem para a Grécia — r2s2 @ 11:58 am

Esqueci de citar, mas passamos por Míkonos na segunda-feira mesmo, no dia em que entramos no navio.

Já na terça, dia 23/6, nossa primeira parada foi em Kusadasi, uma cidade litorânea de veraneio. É uma Guarapari da Turquia. O guia nos disse que ela tem cerca de 50 mil habitantes, mas no verão chega a ter 500 mil.

Kusadasi = Cidade dos pássaros

Kusadasi = Cidade dos pássaros

A cidade em si nada tinha a nos oferecer, exceto o porto e algumas lojas. Quando digo algumas nesse post pode entender como UMA PORRADA, pq tudo nesse passeio é muito, é grande e é exagerado, execto por um local que falarei mais adiante.

Bom, como eu ia dizendo, Kusadasi mesmo não nos interessa, e sim a cidade. O Duda saberá muito bem a importância dela para o cristianismo:

Éfesos

Éfesos

Não é a 17a Éfeso que existe. A placa mostra que a cidade está a 17km de distância. Pode parecer óbvio… e é. Mas vai saber…

Pois bem, seguimos em direção a essa magnífica cidade da antiguidade. Poxa, muita coisa tem essa cidade, muita mesmo, em apocalipse ela é uma das 7 estrelas na mão de Jesus; é para lá que Paulo mandou uma das cartas que viraram um dos livros do novo testamento, lá que ele foi preso e enviado a Roma; lá havia o templo de Diana (ou Ártemis), acho que era uma das 7 maravilhas do mundo antigo tb. Aliás, é para esse templo que estamos indo, portanto prestem atenção e curtam.

Mas antes, uma parada relativamente rápida. Quando eu citei alguns dos motivos que tornam a cidade tão importante para a cristandade eu omiti de propósito nossa primeira visita. Já no caminho passamos por uma estátua de Maria que é a maior de toda a Turquia. Me perdoem a foto sem a cabeça dela, mas foi tirada de dentro do ônibus em movimento:

Maria dourada

Maria dourada

Quem acha estranho uma estátua de Maria na Turquia deveria ouvir a explanação do guia. Era tão sonolenta que vc dormiria e veria um mundo diferente, onde num país muçulmano uma Maria dourada de uns 6 metros de altura seria totalmente bem aceita. Mas a verdade é que a Turquia foi o primeiro país islâmico a ter um governo e uma política secular. Isso é uma maravilha, pois permitiu que essa estátua ainda estivesse aí, além de outra coisa bem mais interessante: A casa onde Maria viveu seus últimos dias!

Antes de avançar nisso, esclareço que por ser protestante, não acredito em Virgem Maria nem a coloco como a divindade apregoada pelos católicos. Por isso mesmo a tratei e tratarei apenas como Maria.

O caminho a pé é ótimo. Nossa, o “pé é ótimo” com esses três acentos deu um belo visual a essa expressão! Ah, estou contemplativo assim não por psicotrópicos, mas só pelo tédio mesmo. Depois de 2 semanas tão corridas, um dia programado para ser tão parado como hoje torna qqer santo em ficar nesse estado.

Retomando, o passeio até a casa onde ela viveu seus últimos anos é bem legal, com muitas árvores. O clima estava bem ameno, chegou a chover 2x, mas bem pouco.

Caminho para a casa de Maria

Caminho para a casa de Maria

Desculpem o foco da foto a seguir, é pq essas com foco automático me atrapalham. Nào consegui ajustá-lo sobre a abelha, aliás, um abelhão. Gigante! E eram várias:

Abelha e flor

Abelha e flor

A casa é essa:

Casa de Maria

Casa de Maria

Em momento de tão sublime fé, o Epá houve por bem levar a majestosa camisa do majestoso time da majestade imperatorial para receber a bênção, e que essa fosse transmitida à instituição, não a ele próprio. Ele buscava com isso a epifania, não alcançada pelos nossos semelhantes desde 1992. Mas o dia chegará!

Lá dentro não pudemos fotografar nem filmar. É uma casa pequena, meio escura, com umas imagens e… bom, deu pra perceber que estou enrolando. vcs devem achar que não me lembro do que tem lá dentro, né? Pois é, acertaram. Foi tão rápido. O Epá usou suas artimanhas e acabou filmando, quando eu assistir ao vídeo eu lembrarei melhor.

Mas esse é o problema de escrever bem depois do ocorrido. Hoje é sábado, e essa visita foi na terça. Esqueci muita coisa que o cara disse. No dia eu olhava as fotos e sabia o q era o q. Mas tudo bem, ainda assim as fotos são bem legais!

Na saída todos buscamos por bençãos aos nossos próximos, por isso oferendamos alguns cents e acendemos velas:

i

i

iiii

iiii

iiiiiiiiiiiiiii

iiiiiiiiiiiiiii

Eu, não menos pela falta de experiência do que pela estabanaquicice, derrubei a primeira vela na água que ficava sobre a areia. No problem, peguei mais duas e acendi novamente. Uma senhora viu a vela se apagando, ficou com olhos prateados como escudos e me disse algo em turco. Como não entendi nada, ri alto. Ela começou a chorar e outra idosa veio confortá-la e ficou resgumando. Claro que não entendi que aquilo era um mau presságio. Pelo contrário, como já disse antes, a água é melhor que o fogo.

Na volta comprei umas indulgências e tive todos os pecados do nascimento até fevereiro de 1997 perdoados:

Sales

Sales

Bom, retomamos o ônibus e fomos para Éfeso. Olhem a entrada de lá:

Entrada

Entrada

Nosso guia é esse Turco de óculos na testa. Sim, a testa dele vai até a nuca, mas eu digo na metade da testa é que está o óculos.

Deu pra ver que ia ser uma daquelas visitas muito concorridas. Muita gente e muito sol. Aliás, a chuva que tinha acabado de cair deu lugar a um sol forte, e logo depois choveu mais um pouco e voltou a fazer sol, isso em uma hora.

O guia disse alguma coisa sobre Éfeso ter não sei quantos % do mármore da Turquia ou do mundo. Na hora me pareceu exagero, tanto que rapidamente esqueci, mas ao andar por lá vi que realmente há mármore que não acaba mais. Tudo é de mármore. Uma cidade inteira. Nós andamos quase sem parar por uma hora e foi uma hora d epuro mármore.  E olha que não tem caminho de volta, a entrada é em uma ponta e a saída em outra. A única coisa que não era de mármore era o encanamento. Tirei algumas fotos dele tb. Vamos ver algumas:

Banho romano

Banho romano

Encanamento

Encanamento

 

Caminho todo de mármore, até o piso

Caminho todo de mármore, até o piso

Agora, 2 coisas mais nos impressionaram. Primeiro foi a biblioteca. Segundo o guia, ela só era menor que a de Alexandria em tamanho, pq em quantidade de informação era menor. Inclusive a entrada dela está quase completamente preservada:

Fachada da biblioteca de Éfeso

Fachada da biblioteca de Éfeso

Entrada

Entrada

Muito grande, eram dois andares de mármore. Havia algumas estátuas na frente, como Sofia (sabedoria) e essas coisas:

Egó y Sofia

Egó kai Sofia

Esse garotinho aqui era o capeta. Estava em nosso navio. Corria, chorava e gritava o tempo todo:

Garotinho e a mãe

Garotinho e a mãe

O Epá deu um belo cascudo nele em Cnossos, mas isso só aconteceu na quinta, então aguardem.

Aqui um esquema mostrando como eles faziam essas construções:

Bricolage - Como fazer monumentos em mármore

Bricolage - Como fazer monumentos em mármore

E aqui inscrições milenares, mostrando que vandalismo é uma questão que não muda com o tempo:

Vandalismo na antiguidade (quando Metallica e Prodigy ainda faziam sucesso)

Vandalismo na antiguidade (quando Metallica e Prodigy ainda faziam sucesso)

Tá bom, eu sei, os vândalos vieram bem depois. Entenda isso como licença poética.

Mais encanamento:

Esse diâmetro interno é insufficiente para certas pessoas que falam certas coisas...

Esse diâmetro interno é insufficiente para certas pessoas que falam certas coisas...

Agora o mais impressionante: O Teatro! Com iniciais maiúsculas mesmo. Nesse teatro Paulo iria pregar e foi proibido pelos governantes e depois preso. É muuuuuuuuuuuuito grande. Tirei essa foto da parte mais alta que pudemos subir:

Teatro

Teatro

Mas percebam que havia uma cerca que impedia a subida para um terceiro nível, mais alto ainda:

Assentos

Assentos

Ah, e só pra quem já se esqueceu do que eu disse no começo: é tudo de mármore!

Na saída o Anakreon tirou umas fotos com um camelo:

Anakreon

Anakreon

E eu achei uma coisinha para comer:

Little snack

Little snack

Classe 2 de Angle

Classe 2 de Angle

Bom, é isso. Próxima parada será em Patmos, a ilha onde o apóstolo João escreveu Apocalipse e morreu.

Pati e Mãe, amo vcs!

Beijos a todos.

Ah, sobre o livro, terminei o de cultura geral (nota 10, 10 mesmo, vou ler de novo) e comecei o da história do mundo do Xande. Não é tão bem escrito quanto o outro, mas é bacana.

Anúncios

2 Comentários »

  1. Ah, também te amo. A Juju tá aqui em casa. Fomos ao Shopping comprar os presentes dela. Comprou 3 livros(quem sai aos seus não degenera), roupas e um jogo. Bjos

    Comentário por hil — junho 27, 2009 @ 10:01 pm

  2. O nível de mentira seria fundamental mesmo neste post…rs
    Agora só faltam 15 dias para vc voltar, espero que passe rápido!
    Amo vc.
    Beijos.

    Comentário por Pati — junho 28, 2009 @ 12:42 am


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: