Blog do Rodrigo Sacramento na Grécia

junho 20, 2009

Fim de Patra, NUKE!

Filed under: Viagem para a Grécia — r2s2 @ 3:08 pm

Bom, chegamos de volta a Atenas. Estamos no mesmo quarto de antes, o q não quer dizer que com o mesmo espírito. A passagem por Patra foi a cereja no bolo da semana. De tudo que conhecemos em Atenas, afirmo com certeza que Patra é onde eu moraria se tivesse que optar entre as duas.

Ontem saímos, eu e o Epá, com 2 sobrinhos do amigo do Anakreon, um rapaz que foi pegar-nos em um Seat de playboy e uma prima dele que estava no bar nos aguardando com outras 2 amigas. O bar era um sonho! Próximo ao mar, mas não há praia ali. Ele é totalmente aberto e tem 2 pavimentos, com uns 4 degraus separando eles. O balcão fica no meio dos pavimentos. Ficamos no inferior, sentados em uma mesa. Somente eu e o Epá bebemos, e bebemos o que pode-se chamar de muito, sem receio de fazer feio frente aqueles que adoram dizer que bebem mais que todos.

A cerveja, Heiniken, custava 3,5 euros. Era long neck. Ela tem a mesma quantidade de álcool que no Brasil, mas é mais encorpada, com gosto mais forte. Provavelmente aí é diferente pela nossa preferência pelo frescor, comprovada pelos biquínis microscópicos que arejam bundas, o que quase não acontece por aqui.

O bar serve gratuitamente pipoca naqueles potes de saladas (Pati, tipo aqueles que vc coloca o melão e o mamão pra mim, só que de plástico). Como não gosto de pipoca, tive que preencher o buraco no pânceps com cerveja. Nesse bar tínhamos de pagar na hora em que a bebida chegava. Aliás, aqui, quando vc pede algo em bar e restaurante eles trazem o pedido junto com a conta. Se vc pedir mais, eles trazem a nova conta com o novo pedido. Ótima ideia isso. Chegamos cedo, cerca de 10 da noite.

A garçonete era uma inglesa bem simpática. Eu acabei pedindo uma caipirinha, e ela trouxe uma que é feita com uma faca de enfiar na barriga cognominada de 8 euros. Eu disse que se não gostasse iria devolver, pq era brasileiro e sabia como deveria se. Ela disse que o bar não aceitava devoluções, aí eu respondi que então devolveria sobre o balcão a caipirinha misturada com cerveja e com o que havia jantado mais cedo. Não adiantou. Só me restou tomar a caipirinha.

Bom, ela veio com 3 canudos. Um grosso, um pequeno e outro que não funcionava. Um canudo não funcionar significa algo, então pratiquei um rápido exercício de lógica e observação e concluí q era um mexedor. Bom, pelo menos a caipirinha estava ótima! Veio num copo imenso. Ela não sabia dizer se era feita de vodka ou cachaça, mas pouco importa, na hora que saiu tinha gosto de vômito mesmo.

Eu fiquei conversando com o sobrinho da mulher em inglês. Ele era bem legal, contou sobre os problemas com a Turquia, falou sobre a questão da imigração e um zilhão de coisas. Ele é da marinha grega há 8 anos. Perguntei, claro, se ele já havia matado alguém. Ele disse que há uma semana derrubou um avião! Uau! O cara virou meu herói! Perguntei o motivo, se era por haver tráfico de drogas ou de pessoas e ele respondeu: “Não, era um miniavião não-tripulado, era só treinamento.” Puta merda, que bundão…

O Epá ficou conversando em grego com a sobrinha. Rolou uma azaração forte, umas mostradas de pescoço próprias de danças de acasalamento, uns sorrisos torcados sem motivo aparente, aqueles silêncios que criam uma tensão palpável, mas nada do pôra dar o bote. O primo até foi embora, e nada do imbróglio desenrolar.

Aí passei a conversar com as amigas da prima. Como toda boa grega, as narebas atrapalhavam a comunicação. Daquelas que fumam sob cachoeira, sob chuva, sob tudo. Eram legais mas chatas, pq eu queria era falar em português com alguém. Com elas foi só o básico, tipo vamos viajar em um cruzeiro, quanto tempo durou a viagem, qual a nossa posição sobre o programa de erradicação de ratos em NY e só. 5 minutos de conversa e elas voltaram a falar grego entre elas e eu fiquei observando o Epá e a sobrinha. Vira e mexe soltava um comentário com ele em português tipo: “Vai rolar?”, “Ela está quase pulando na sua cadeira”, “As ações da Vale tiveram um excelente rendimento no pós-crise, ainda mais com a diminuição das reservas chinesas e com a retomada do…” e por aí vai.

Ah, num intervalo desses, dissemos que fomos a Olímpia. Elas disseram que acham a estátua do Hermes linda, pq a bunda dele é linda e tal e ficaraam rindo. Nisso eu fiquei tentando lembrar como falar não me agrada em grego. Até eu lembrar o assunto delas evoluiu para um em que elas falavam, em grego, que parecia bunda das mulheres brasileiras, aí eu soltei o “Then maréssi”. Olhares de choque! Perguntaram ao Epá se eu era gay. Hahuehuaheuaheuaehuaeh, porra, que bando de imbecis, não perceberam que eu não estava entendendo nada, estava falando do assunto anterior ainda. Até o Epá explicar tudo para elas eu fiquei tão constrangido quanto um cavalo cansado ao cagar em uma corrida. vcs conhecem a expressão.

Depois que o cara vazou (umas meia-noite), conversei os 5 minutos com as narebudas e depois fiquei lá quieto, com cara de paisagem. A sobrinha lá começou a desanimar tb e decidiu ir embora. Ela nos deixaria no hotel, entào tivemos que ir tb. Eram 1 da madruga. Entramos no carro dela (acho que um Vitara) e fiquei atrás na expectativa do beijo de despedida, crente que meu amigo brasileiro iria fazer bonito. Fail. Esse grego nojento tremeu nas bases, porra de dupla cidadania é o catzo, extradição já!

Subimos e ficamos tomando mais cervejas. Ouvi algumas dezenas de vezes sobre ele casar com ela, que vem morar aqui, q está apaixonado et cetera

Falou em paixão, lembrei que seria de noite no Brasil, e que era aniversário do meu tio. Deduzi corretamente que todos estariam lá, inclusive a minha paixão. Então liguei na casa dele, falei com ele, mas esqueci de dar-lhe os parabéns. Acho que pela ansiedade, ou pelo delay na ligação, ou pela cerveja que entupiu meu cérebro com a rolha que segurava o vômito. Pois então, falei com minha mãe, com minha madrinha, com meu padrinho (o aniversariante) e com a Pati, meu amor. Nesse intervalo falei tb com a Isabela, mas não ouvi nenhuma resposta dela. Deve ter pensado “Vou fingir que não existo, aí ele não me perturba mais!”.

Voltamos para a varanda, tomamos mais 72 garrafas de cerveja, falamos coisas sobre o planalto central, também magia e frustração, em específico a dele com a ex-futura noiva, ou futura ex-esposa. Fomos dormir lá pelas 4. O quarto lá era ótimo, pq havia 2 ambientes. Fiquei no mais separado (qual o referencial, bisso?) para preservá-lo dos roncares poseidônicos que com certeza eu iria emitir. Até os golfinhos da submarinagem (entenderam? Carruagem do fundo dos mares! Que mierda!) de Poseidon acharam que o mestre os convocava, mas não os atendi pois já estava nos domínios de Hipnos.

Acordamos 10 da madrugada para virmos embora. Passamos na casa dos amigos do Anakreon, eles nos deram presentes. Deram-me uns doces de casca de pinheiro. Dizem que é ótimo para curar ressaca e para salvar as finanças deles, que são coveiros. Como cautela é a mãe da longevidade, usei os doces como projétil contra transeuntes. Como efeito indireto, causei um forte aumento de demanda para os construtores daquelas casinhas de homenagem de beira de estrada.

Rá!

Rá!

Ah, aproveitando o post, aqui vai a foto que errai no anterior, do Imperados Adriano:

 

Camisa 90 do Flamengo!

Camisa 90 do Flamengo!

Vamos agora às considerações finais:

Janailton, o Flamengo é o time da virada. Vc vai ver no fim do ano quem sairá melhor na fita. Eu só sei que o Taison vai destruir na volta. Ah, e se cada gol que o fofômeno o faz emagrecer um quilo, ele estava com 230kg antes então, né?

Lawrence, não somos vermes, mas se fôssemos a Grécia no acolheria da mesma forma que nos acolheram: com desprezo.

Patrícia, obrigado por avisar. Dispenso livros chatos. Agora quero saber mais é sobre Derrida.

Mãe, Pati, amo vcs, mais que dos outros! hahahaha

Beijos a todos

Nível de mentira = 0,3 (impressionate, mas é verdade)

Para finalizar, uma foto dos meus companheiros de viagem nesses 2 últimos dias (exceto o garçom):

Epá, Anakreon e Makis em Curuta

Epá, Anakreon e Makis em Curuta

Aliás, errei o nome da praia ontem, o nome é Curuta! Isso mesmo, Cobre + Rutênio + Tântalo.

Aliás, Tântalo foi um personagem da mitologia grega. Ele está no Tártaro pq era muuuuito levado. Procurem, vcs gostarão, se eu escrever aqui perde a graça da descoberta. 

Sobre o livro, estou na parte da conquista dos direitos das mulheres. Legal que ele conclui o capítulo dizendo que é fora de questionamento que as sociedades mais civilizadas foram as que passaram pelo processo de luta das mulheres pelos seus direitos.

Abraços. Agora terminei mesmo!

Anúncios

4 Comentários »

  1. Gostei da parte dos biquínis…
    Hehehehehe

    Comentário por Bruno — junho 20, 2009 @ 3:57 pm

  2. Tomaram todas então…bem que eu percebi ontem que vc não estava normal…rs
    Diga para o Príncipe grego que ele está muito devagar…rs
    Beijos.

    Comentário por Pati — junho 20, 2009 @ 4:54 pm

  3. O cruzeiro começa amanhã? Aproveite.
    O Duda está aqui. Hoje é aniversário do Gui e da Bia e vamos lá. Antes vou a um de bebê e levarei a Dedé. Boa noite e fica com Deus.Tb te amo de montão.

    Comentário por Hil — junho 20, 2009 @ 4:56 pm

  4. É.. o Flamengo é o time da virada mesmo, para cima e para baixo, um dia goleia no outro é goleado.. são coisas do futebol!! rsrsrs.. Agora, vc viu o massacre do Timão em cima do São Paulo? hahaha.. imagina a cara do Márcio.. hahaha.. E o fofomeno.. gordo ou nao, fazendo gol ou nao, é o cara!.. é ou não é?.. Como disse o Nina (do Pânico, não sei se vc viu.. deve tá lá no Youtube já.. RONALDO!!.. kkk)Cara, esqueci de comentar, muito legal o blog, viu? To entrando todo dia para a ver a sua “saga grega”.. rsrsrs.. Abração!!

    Comentário por Janailton — junho 22, 2009 @ 5:49 pm


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: