Blog do Rodrigo Sacramento na Grécia

junho 15, 2009

Passeio em 15/6 – Segunda-feira – 2a parte

Filed under: Viagem para a Grécia — r2s2 @ 10:52 pm

Pois é, voltando ao passeio, saindo do metrô demos de cara com o parlamento grego. Não foi necessário levantar as mãos nem esconder o que tínhamos no bolso, mas de resto é igual ao do Brasil: não tem ninguém lá dentro. 

Parlamento grego

Parlamento grego

Claro que sempre há alguém por fora, uns seguranças que sempre olham para vc como se estivessem protegendo o omphalós da deusa Atenas (tripla ironia nessa). Mas no fundo eu acredito que eles sabem que são apenas seguranças de um balcão de negócios, pelo menos os do Brasil o são.

Pois bem, o Anakreon me instigou a ir tirar foto com o segurança, uma espécie de dragão da independência daquels que ficam em frente ao Palácio da Alvorada, sem se mexer. Ele disse que ia mandar pra Patrícia e dizer que era um namorado que eu havia arranjado. Essas piadinhas gregas são típicas, pois eles querem tirar o estigma de terem sido homossexuais pedófilos incestuosos durante toda a idade antiga, e o fazem tentando transferir a fama a outros povos. Mas nessa eu não caio, sou macho, brasileiro e jogo bola bagaraio!

Pois é, a foto polêmica é essa:

Guarda do parlamento

Guarda do parlamento

Dá pra ver ao fundo uma espécie de túmulo e um alto-relevo com a figura de um soldado grego das antigas tendo um orgasmo cósmico com projeção ectoplásmica. É um monumento ao soldado desconhecido. Se Aquiles realmente criou um rio de sangue durante o cerco a Tróia, então metade desse monumento é culpa dele. Deviam cobrar impostos em dobro dos mirmidões por isso. 

Logo após essa foto, comecei a andar mais para trás em direção a esse túmulo, aí um guardinha com roupa de exército me mandou sair de lá. Pelo menos foi o que o Anakreon disse, pq eu só entendi o “malaka” no fim da frase (uma forma carinhosa de te chamar de onanista profissional). 

E la nave va… Continuamos, eu, seu Anakreon e Epaminondas. Aliás, sobre o gôndolas, ele quase não é citado pois estava sempre comendo um tal de “guíro suvláki”, uma espécie de temaki cujo recheio é de carne de porco, batata frita, uma pasta de alho, pimentão, tomate e cebola. Eu comi um, muito bom, mas é como um sanduíche do Sky`s, o óleo escorre. Eu vou fotografar e vcs sentirão o drama. O rolo de carne sendo cozido é comédia, coisa de filme. Ah, e não é alga de temaki, é uma massa, tipo um waffle. Dizem que esse suvlaki é o churrasquinho daqui. Aqui não é como no Brasil, que tem informações nutricionais em tudo que comemos e bebemos. Na verdade aqui não tem isso em nada, nem na Coca-Cola (o que reforça minha tese de que todos os povos têm defeitos e qualidades). Mas mesmo sem essas informações eu consigo estimar a quantidade de calorias do suvlaki, que é de cerca de setecentos e trezentos e vinte e doze trilhões de calorias. É como comer chumbo efervescente, já entra pesado, e com um pouco d`água  vc sente sua barriga crescer em diâmetro. É nitroglicerina pura! Suvlaki póóóóóóóóóóóóóóde grandão.

Depois eu falarei mais sobre a gastronomia que estamos conhecendo com os dentes.

Mas bem, lembram-se do cachorro do último post? Ele nos guiou pelo parque real. De cara tem um relógio de sol com instruções. Tirei essa foto, dá pra ver que está em 7 horasw, mas eram 8 da manhã, por conta do fuso horário horário de verão. As instruções foram feitas apenas para a internet. Como ela ainda demoraria uns 300 anos para ser inventada, perdemos para sempre o manual.

Relógio de sol

Relógio de sol

Logo após o parque, passamos por um banho romano que foi escavado, bem legal:

Banho romano

Banho romano

Aqui um desenho resumindo como seria à época:

Esquemas e apresentação do banho romano

Esquemas e apresentação do banho romano

Sei que vcs estão doidos para perguntar, mas eu não vou confirmar que eram nesses banhos que rolavam aquelas festas dionísicas (ou de Baco, depende da época), mas acho que quando os romanos estavam dominando a Grécia a coisa era mais calma. As festas eram daquele tipo que se vc não está gostando, bota a roupa e vai embora.

Logo após esse banho, entramos no templo de Zeus. Parece que custaria 12 euros para cada, mas para estudante seria 2 e para quem tem mais de 65 anos 1 euro. Mas o Anakreon deu um jeito e entramos todos por 2 euros. A moça ficou me pedindo o “student card” e eu dizia “Vai se fuden” com sotaque alemão mesmo. Deu certo.

O templo é massa demais. As pilastras, todas de mármore, são imensas. Tem um aglomerado de 13 colunas e outro de 3, só que uma dessas últimas caiu, e está esparramada lá. Onde tem pontos pretos são onde ainda tem pilastras:

Esquema do templo

Esquema do templo

Do outro lado dessa placa há 2 quadros gravados, um do século 19 e outro do séc. 18. No do 18 aparecem as 3 colunas de pé. No outro uma delas já está caída. Pena que não fotografei essas figuras. Já o templo, esse sim, fotografei muito:

Templo de Zeus visto de fora

Templo de Zeus visto de fora

Essa foto é de fora, mas é legal pq mostra todas as colunas. Essa a seguir mostra a que tombou e ao fundo as outras:

Coluna caída

Coluna caída

Aqui eu comecei a entender pq o Anakreon mandava sempre que os turistas vinham para a Grécia para ver e comprar pedras. O Epá tirou ótimas fotos dessas colunas, mas é melhor mostrarmos a vcs quando voltarmos para este post não ficar mais gigante. De lá tem-se uma excelente visão da Acrópole:

Acrópole

Acrópole

Na entrada desse templo há o portão de Adriano, o imperador grego que terminou a construção do templo (e que inspirou o apelido do fiasco do Flamengo). Lemos em algum lugar que no templo à época dos gregos estava escrito no templo que a cidade era de Teseu e tal. Quando Adriano terminou o templo ele mandou gravar do outro lado que a cidade era de Adriano, e não de Teseu. Eu escrevi na terra do chão que agora a cidade era minha. Todos vimos a efemeridade de nossas posses. Claro que no meu caso bastou só um ventinho, mas no fim é só isso que fica, pó.

Sobre o templo, pelo que me lembro, ele tinha uma estátua gigante de Zeus dentro dele, de ouro e marfim, e foi uma das 7 maravilhas do mundo antigo, assim como o colosso de Rodes, ilha pela qual iremos passar no cruzeiro que começa segunda que vem. Mas essa estátua deveria ser gigante mesmo, pq a área interna era enorme. Qualquer coisa que não fosse imensa seria considerada pequena por comparação.

Sobre a Acrópole, só iremos lá em julho, pq estamos esperando a inauguração de um museu que estão reformando lá que é monstruoso, pelo que vimos nos comerciais de TV.

Do templo fomos ao estádio olímpico. Chocante! Não dá pra pensar em outra palavra. Uma praça grande na frente e uma cerquinha de um metro e meio de altura e então o estádio. Todo em mármore. Aquele onde o brasileiro da maratona atrapalhado pelo padre irlandês louco (2 redundâncias na mesma expressão!) chegou para ganhar a medalha de bronze. É sensacional! O ponto alto do passeio:

Estádio olímpico da praça com o seu Anakreon olhando para ele

Estádio olímpico da praça com o seu Anakreon olhando para ele

Eu gravei um vídeo. Ia upar aqui, mas tem que pagar uma taxa aí e ia ser muito complicado pelo computador que estou usando, pois não daria para registrá-lo, teria de ter feito isso aí no Brasil. Mas depois upo no u2b e posto aqui.

Outra foto do estádio olímpico:

Estádo olímpico da grade

Estádo olímpico da grade

Olha, a foto não é nada. É embasbacante ao vivo. Imaginar aquilo ali sendo usado em 1894 e em 2004, acho que na Grécia antiga também era usado pra isso. Claro que foi reformado, mas é como ver todas as descrições sobre olimpíadas e história dos jogos ali, solidificadas e com todo o significado ainda presente. Muito legal mesmo, é chocante, de verdade. Chocante de tão simples e de tão legal.

Depois disso passamos em um lugar chamado Zapion. É mais atual. O Epá tirou bastante fotos, mas nós mostramos depois, pois o post já está deveras pesado.

Vou finalizar com a foto do busto de 3 dramaturgos gregos de tragédia. Aliás, os maiores, que são Eurípedes, Sófocles e Ésquilo. Nunca li nenhuma obra deles, mas meus livros do Junito de Souza Brandão falam muito sobre essas peças. As que envolvem Édipo e sua descendência são excepcionais. É filho matando pai, irmã morrendo por irmão, mulher matando os filhos por ciúme. Um dos livros desse Junito é sobre o teatro grego, e resume muito bem isso tudo. É bem fino, está lá em casa. Lerei novamente quando voltar. Sem mais delongas, a foto:

Eurípedes - Sófocles - Ésquilo

Eurípedes - Sófocles - Ésquilo

Bom, fico por aqui. Mais uma noite de insônia, já são 1:42 da madruga e eu não consigo dormir. Vou deitar e ler novamente para pegar um sono.

Agora, as finalizações.

Duda e Patrícia, obrigado pelos elogios ao texto. Eu gosto de escrever, o problema é que não o sei, então demoro demais para desenvolver as coisas. A tendência é que com o passar do tempo aqui eu fique colocando cada vez menos texto, pois demoro quase uma hora fazendo um post desses. Mas obrigado mesmo assim.

Estou com muita saudade de todos. Mas escuto quase todo dia a Pati e a Zazá em meu íntimo. Traz conforto e alegria. Foi difícil ver as fotos que a Pati me mandou hoje, em especial a que estamos os 3. Deu muita saudade de tudo e de todos aí.

Mãe, as lembranças estão sendo avaliadas aqui. Tem muita opção, vou levar umas 2 de cada, boto em uma mesa e fazemos um amigo oculto daqueles de fim de ano.

Vou passar a escrever mais sobre o Epá e o seu Anakreon, pq acho q ele vai chamar o povo dele para vir ler o blog tb. Tenho meio que fechado só em mim e nas coisas pq estava escrevendo só pra família, mas agora vou mudar um pouco o enfoque.

Nos próximos posts falarei sobre a prai. Ah, la mer! Estse post foi gerado por um passeio de 2 horas só. Depois disso almoçamos e fomos à praia. Foi muito legal, amanhã escrevo mais sobre isso.

Beijos

Ah, o índice de mentira aqui foi zero. Amanhã explico mais sobre isso.

Pati, amo vc!

Anúncios

13 Comentários »

  1. Filho, tá muito legal o seu blog. Por aqui, tudo bem. Compramos um cahepo para o vaso da sala, parecendo um pouco com aqueles de Shopping. Ficou legal. Vamos cortar o sofá, não vai ter jeito. A Dedé continua um amor. Estava no maior bom humor, domingo. Fica com Deus.

    Comentário por Hil — junho 16, 2009 @ 9:25 am

    • Caceta, até eu descobrir o q era cachepo eu imaginei tudo que vc possa suspeitar, desde tacos de golfe a tapetes de couro de avestruz.
      Beijos mãe!

      Comentário por r2s2 — junho 16, 2009 @ 8:47 pm

  2. Fala Drigo!
    Se for começar a falar do Anakreon vê se tira uma foto dele de frente. De costas ele me faz lembrar aquele amigo que anda com o Gaulês Obelix, dos quadrinhos.
    Manda um alô pro Epá!
    Um abraço pra você!
    Jesus é o Senhor!
    ps: to espalhando o teu blog pra família toda.

    Comentário por Duda — junho 16, 2009 @ 5:48 pm

    • Hahahaha, pior que parece mesmo, parece o Asterix. Mas eu tenho uma foto dele aqui de frente, vc vai ver certinho como ele é.

      Comentário por r2s2 — junho 16, 2009 @ 8:45 pm

  3. Drigo,

    Isabela disse que não sente saudade de você, só da Patiii, mas toda vez que falamos no tio Barney ela fica pensativa e, depois, “volta no assunto” ao melhor estilo de quem ainda não tem banda larga.
    Romperam mais dois dentes em sua arcada inferior, os incisivos laterais, mas ela não ficou chata, pelo menos ainda.
    Estamos acompanhando admirados tuas aventuras, tanto pelas histórias como em razão da descoberta desse talento, antes oculto, que vem demonstrando nos textos deste diário.
    Aproveite a viagem e esqueça o Flamengo pois, no final das contas, vai ficar tudo na mesma dos anos anteriores.
    Beijos do teu irmão.

    Comentário por Alexandre — junho 16, 2009 @ 6:53 pm

    • Pois é, a Isabela está me dando um gelo, mesmo a essa distância. Mas eu fico assim tb com cara de paisagem quando penso nela ou vejo as fotos.

      Que bom que vcs estão gostando do blog. Uma pena que eu seja tão devagar para escrever, tanto pela digitação lenta como pela lerdeza em desenvolver a linha de raciocínio.

      Mas eu vou melhorar isso.

      Abraços e um beijo pra Zazá e pra Pati!

      Comentário por r2s2 — junho 16, 2009 @ 8:43 pm

  4. Porra, moderação de comentário? Heil, herr general.

    Comentário por Alexandre — junho 16, 2009 @ 7:00 pm

    • Hahaha, nada Xande, é pq assim fica mais fácil saber onde tem comentário, já vou direto nos pendentes de aprovação. Se não fosse assim, ia ser complicado sair catando.

      Comentário por r2s2 — junho 16, 2009 @ 8:36 pm

  5. Fantástico,

    se eu fosse vc começaria uma longa viagem pelo mundo, blogando e blogando.

    Sério mesmo! Tu leva jeito.

    Alías, muito engraçado.

    Um abraço!

    Comentário por Cleber Machado — junho 16, 2009 @ 9:48 pm

    • Também acho que vc leva jeito, mas por favor não comece outra longa viagem sem a minha presença…rs
      Beijos, muitos.

      Comentário por Pati — junho 18, 2009 @ 12:43 am

  6. Vc ainda não explicou como funciona esse índice de mentira…rs
    Beijos.

    Comentário por Pati — junho 17, 2009 @ 3:05 pm

    • Expliquei agora meu amor.

      Beijos, muitos!

      Amo vc!

      Comentário por r2s2 — junho 17, 2009 @ 9:13 pm

      • Ah agora entendi…rs
        Eca que nojo daquele polvo, dá até arrepios…rs, mas aquele sanduíche que vcs comem o dia inteiro parece ser muito bom.
        Sexta-feira depois do trabalho devo ir para a sua casa (para não mudar muito a rotina). Sua mãe disse que a Isabela fica chamando por mim. Vamos tirar fotos e mandaremos para vc!
        E a Turquia? Quando vcs vão?
        Amo você!
        Beijos.

        Comentário por Pati — junho 18, 2009 @ 12:41 am


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: